jusbrasil.com.br
20 de Setembro de 2018
    Adicione tópicos

    Ator será indenizado por divulgação de vídeo íntimo

    A 19ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro confirmou a indenização de R$ 10 mil, por dano moral, a Rômulo Arantes do Nascimento na ação movida pelo ator contra o Google Brasil Internet Ltda. O ator pediu que o provedor retirasse da rede, em 24h, um vídeo íntimo gravado em âmbito privado e que foi captado clandestinamente por terceiro que o publicou na internet.

    O provedor demorou um tempo maior para atender a exclusão do vídeo. Para o relator do processo, desembargador Ferdinaldo Nascimento, caberia ao Google agir com rapidez no caso.

    “A atividade desempenhada pelo réu tem clara finalidade econômica, de modo que o seu desempenho deve ser realizado com a segurança necessária para que situações como esta tenha rápida solução. Logo, simplesmente alegar que não tem condições técnicas de identificar a URL apresenta-se pueril diante de sua capacidade técnica de localização dos conteúdos nele inseridos”, afirmou o magistrado na decisão.

    Processo: 00800629-26.2018.8.19.0001

    PC/ SP

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)