jusbrasil.com.br
28 de Setembro de 2021
2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro TJ-RJ - APELAÇÃO : APL 0011306-95.2018.8.19.0206

Detalhes da Jurisprudência
Órgão Julgador
QUARTA CÂMARA CÍVEL
Julgamento
27 de Março de 2019
Relator
Des(a). ANTÔNIO ILOÍZIO BARROS BASTOS
Documentos anexos
Inteiro TeorTJ-RJ_APL_00113069520188190206_9ea37.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

APELAÇÃO CÍVEL. CONSUMIDOR POR EQUIPARAÇÃO.

AÇÃO DE OBRIGAÇÃO DE FAZER c/c INDENIZATÓRIA POR DANO MORAL. INCLUSÃO INDEVIDA EM CADASTRO RESTRITIVO DE CRÉDITO. FRAUDE. SERVIÇO NÃO CONTRATADO. SENTENÇA QUE DECLARA A INEXISTÊNCIA DA DÍVIDA QUE DEU CAUSA À RESTRIÇÃO EM NOME DA AUTORA, DETERMINA O CANCELAMENTO DA ANOTAÇÃO NEGATIVA E CONDENA A EMPRESA RÉ A COMPENSAR A DEMANDANTE PELO DANO MORAL EM R$ 3.000,00. RECURSO AUTORAL. DANO MORAL MAJORADO. JUROS QUE DEVEM INCIDIR A PARTIR DO EVENTO DANOSO. SÚMULA 54 DO STJ. RECURSO CONHECIDO E PROVIDO.
Disponível em: https://tj-rj.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/773819914/apelacao-apl-113069520188190206