jusbrasil.com.br
19 de Janeiro de 2022
2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro TJ-RJ - APELAÇÃO : APL 0046853-66.2017.8.19.0002

Detalhes da Jurisprudência
Órgão Julgador
DÉCIMA SEXTA CÂMARA CÍVEL
Partes
AUTOR: ANA GLÓRIA MEIRELLES CÂMARA, RÉU: ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EDUCADORES LASSALISTA
Publicação
02/07/2021
Julgamento
24 de Junho de 2021
Relator
Des(a). MARCO AURÉLIO BEZERRA DE MELO
Documentos anexos
Inteiro TeorTJ-RJ_APL_00468536620178190002_3dea6.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

APELAÇÃO CÍVEL. AÇÃO DE COBRANÇA DE MENSALIDADES ESCOLARES. SENTENÇA PROCEDÊNCIA. INCONFORMISMO DA RÉ.

1- Preliminar de nulidade da sentença por ofensa ao juiz natural afastada. O Aviso COMAQ nº 1/2020 autorizou a remessa de processos distribuídos até o ano de 2018 ao grupo de sentença.
2- Restou incontroverso nos autos que as partes firmaram o contrato de prestação de serviços educacionais, bem como o inadimplemento das mensalidades no período compreendido entre os meses de abril a dezembro de 2013. 3- A controvérsia recursal cinge-se em verificar a suposta ocorrência de excesso na cobrança de juros no cálculo apresentado. Cobrança de honorários advocatícios contratuais que não foi objeto do recurso. 4- O débito deve ser acrescido de juros a partir da data de vencimento de cada mensalidade escolar vencida. Inteligência do disposto no artigo 397do Código Civil. 5- Inexistência de cobrança excessiva de juros. O contrato celebrado entre as partes prevê expressamente a incidência de multa de 2% sobre o valor devido, mostrando-se, portanto, corretos os cálculos apresentados. 6- Sentença mantida. Precedentes do STJ e do TJRJ. Negado provimento ao recurso. Majorados os honorários advocatícios em 2% do valor da condenação, conforme a regra do art. 85, § 11do CPC, observada a gratuidade de justiça deferida.
Disponível em: https://tj-rj.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/1283791935/apelacao-apl-468536620178190002

Informações relacionadas

Adriana Nicola , Advogado
Artigoshá 3 anos

Cancelei a matrícula antes do início das aulas, é lícito a cobrança de multas?

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 6 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - RECURSO ESPECIAL : REsp 9129602-76.2009.8.26.0000 SP 2012/0041815-0

Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro
Jurisprudênciahá 10 meses

Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro TJ-RJ - APELAÇÃO : APL 0036144-67.2016.8.19.0208