jusbrasil.com.br
19 de Janeiro de 2022
2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro TJ-RJ - APELAÇÃO : APL 0038825-51.2013.8.19.0002

Detalhes da Jurisprudência
Órgão Julgador
VIGÉSIMA SÉTIMA CÂMARA CÍVEL
Partes
AUTOR 1: GUSTAVO PADILHA ADVOGADOS, AUTOR 1: ILMA DE CASTRO PACHECO ( REURSO ADESIVO), RÉU 1: OS MESMOS, RÉU 2: SPE2 GLOBAL PREMIO IDEALE CHARITAS EMPREENDIMENTO S. A., RÉU 3: CONDOMINIO DO EDIFICIO IDEALE CHARITAS
Julgamento
14 de Dezembro de 2020
Relator
Des(a). JDS MARIA AGLAE TEDESCO VILARDO
Documentos anexos
Inteiro TeorTJ-RJ_APL_00388255120138190002_fa5ae.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

APELAÇÃO CÍVEL E RECURSO ADESIVO.

Apelação do escritório de advocacia que patrocinou a ré pleiteando que a parte autora seja condenada a pagar honorários sucumbências em patamar entre 10% e 20% sobre o valor atualizado da causa. Recurso adesivo apresentado pela autora sobre nulidade da sentença para realização de prova oral. Posterior manifestação do apelante desistindo do recurso. Não se conhece do recurso adesivo quando o principal não for admitido. Inteligência do artigo 997, § 2º, III, do Código de Processo Civil. Homologação da desistência. RECURSOS PREJUDICADOS. NÃO CONHECIMENTO.
Disponível em: https://tj-rj.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/1173478660/apelacao-apl-388255120138190002

Informações relacionadas

Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro
Jurisprudênciahá 6 meses

Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro TJ-RJ - APELAÇÃO : APL 0012264-08.2015.8.19.0038