jusbrasil.com.br
1 de Outubro de 2016
    Adicione tópicos

    Fórum de Carapebus-Quissamã realiza casamento comunitário nesta sexta

    O Fórum de Carapebus-Quissamã, no Norte fluminense, irá realizar um casamento comunitário nesta sexta-feira (dia 1º de dezembro), às 17h. A cerimônia, que acontecerá nos jardins do Museu Casa Quissamã, construção do século XIX, unirá 44 casais. Desses, 41 são de Quissamã e outros três de Carapebus. O casamento será realizado pela juíza Elizabete da Silva Franco. "Casar é um sonho para muitas dessas pessoas. É uma oportunidade de poder legalizar a união estável, em que muitos já vivem, com todo o glamour. Para a cidade, será o evento do ano", afirmou a magistrada. O casamento comunitário é uma parceria do Fórum com as secretarias de Ação Social, de Cultura e Lazer, de Administração e de Comunicação Social da Prefeitura de Quissamã. Os cartórios de ofício dos municípios também são parceiros da iniciativa, assim como comerciantes locais. O local escolhido para a cerimônia foi uma sugestão da juíza, feita em agosto, no terceiro aniversário da comarca, quando foram feitas as inscrições para o evento. Após a solenidade, que será apenas civil, sem cerimônia religiosa, haverá um coquetel e o sorteio de diárias em um hotel em Rio das Ostras. Cerca de 600 pessoas deverão participar do evento. Esse será o segundo casamento comunitário em Quissamã, que tem cerca de 15 mil habitantes. Carapebus tem uma população de aproximadamente 8.600 pessoas.

    Órgão colegiado constituído de juízes de segunda instância, denominados "desembargadores". Em 1751, foi criado o Tribunal da Relação do Rio de Janeiro, tendo por jurisdição todo o território ao sul da colônia, compreendendo inicialmente treze comarcas. Tinha ao todo dez desembargadores, sendo presidida pelo governador da capitania, valendo mencionar que, em 1763, a sede do Governo-Geral é transferida de Salvador para o Rio de Janeiro.
    Disponível em: http://tj-rj.jusbrasil.com.br/noticias/51028/forum-de-carapebus-quissama-realiza-casamento-comunitario-nesta-sexta

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)